O que somos

EME>>, Estúdio Móvel Experimental, é uma residencia móvel de pesquisa integrada em meio ambiente e sustentabilidade, entre arte, ciência e tecnologia. O projeto tem duas funções principais: seu design ser ecológico, isto é, desenvolver a máquina para que seja coerente ao meio ambiente e abrir espaço para artistas desenvolverem ações artísticas em sítios específicos. Este projeto é direcionado como uma plataforma interdisciplinar de pesquisa com foco na Mata Atlântica e sustentabilidade.

Os artistas e pesquisadores residentes no EME>> visitarão alguns municípios do estado do Rio de Janeiro também como festivais de arte, mídia e exposições. Uma de suas funções é alcancar público por meio de intervenções urbanas, publicações, documentação e interação utilizando plataformas de novas mídias como internet e redes sociais. Através deste projeto multidisciplinar pretende-se enfatizar a conscientização ambiental, histórica e artística do Estado do Rio de Janeiro.


EME >> Estúdio Móvel Experimental is a mobile residency working in a platform between art and science researching the natural environment and sustainability. EME >> has two main functions: as a customized camper van that is designed to be ecological, i.e., to adapt its machinery to the natural environment; and also as a mobile studio that can support facilities to explore the urban and natural environment, realize public/ live arts and educational events around the Guanabara Bay in the state of Rio de Janeiro. It opens space for artists and researchers to use the EME>> machine as a tool for communication and interface their work, the natural environment and the audience.



10 de out de 2010

Rádio Lugar >> Praça XV e as Barcas: Rio > Niterói > Rio

Sexta-Feira dia 8 de Outubro começou ensolarado. Romano chegou carregando seu guarda-chuva e uma pequena bagagem de mão, daquelas com rodinhas, pronto para iniciar suas interferências sonoras.

Escute Romano falando sobre suas interferências Rádio Lugar:

Rádio Lugar_1 by EstudioMovelExperimental

Rádio Lugar_2 by EstudioMovelExperimental




Quando os três dançarinos começaram a montar seus sapatos sonoros na Praça XV já era umas 3 horas, na tarde em que 50,000 transeuntes eram previstos (pré-feriado) estar fazendo a jornada para o outro lado da Baía de Guanabara, que leva pouco mais de 10 minutos para cruzar.

O grupo pegou a Barca Rio > Niterói e retornaram logo em seguida no sentido > Rio. Os sapatos sonoros impulsionaram os performers a se movimentarem livremente entre os espaços da barca e entre o fluxo dos passageiros, seguindo a música que seus pés irradiavam.



Situação ideal para a construção de uma coreografia espontânea e improvisada entre os três bailarinos do coletivo Pague Leve, que ao retornar ao Rio, continuaram suas composições espaciais entre os passageiros que ali se dispersavam entre os outros que chegavam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário